LEGIÃO URBANA











HISTÓRIA

FORMAÇÕES

DISCOGRAFIA

LETRAS

CIFRAS

           Dado Villa-Lobos fez parte da maior banda brasileira de rock de todos os tempos: a Legião Urbana.

           O principal celeiro do movimento punk foi Brasília, local onde estavam jovens que se tornariam os mestres do rock nos anos 80: Renato Russo, André Pretórius, Fê Lemos e Ico Ouro-Preto. Todos eles faziam parte de uma gigantesca turma que se reunia para conversar, beber, amar e se divertir: a Thurma de Brasília.

           Bandas eram o que não faltavam nesta turma, foram formadas várias na época e todas elas interagiam trocando integrantes e músicas, e organizando festivais. A banda Aborto Elétrico é considerada o embrião da Legião Urbana. Foi formada em 1978, com Renato Russo no baixo e nos vocais, André Pretórius na guitarra e Fê Lemos na bateria. Em 1980, André teve que servir o exército da África do Sul, entrando assim, Flávio Lemos no baixo. André voltou a tocar em ensaios com o Aborto quando estava de férias no Brasil. Em 1981, Ico Ouro-Preto entra, tocando guitarra. Mas o fim acontece no ano depois, por desentendimentos entre Renato e Fê.

           Com isso, Renato Russo torna-se o "O Trovador Solitário" que, sozinho ao violão, interpretava composições próprias, como Eduardo e Mônica e Faroeste Caboclo. Mas ele queria mesmo era ter uma banda de rock n'roll, e juntamente com o baterista Marcelo Bonfá, que já havia tocado com outras bandas, como Metralhaz e acabava de sair da Dado e o Reino Animal, decidem formar outra banda, a Legião Urbana (nome pelo fato de que eles faziam parte de uma turma muito grande, e serem da cidade, urbanos). Os ensaios seriam na sala que haviam alugado no Brasília Rádio Center, mas faltava um guitarrista. Chamaram Eduardo Paraná, muito conceituado e ótimo guitarrista da capital. Foi chamado também Paulo Paulista, o único tecladista fixo de toda a história da Legião.

           O primeiro show da Legião aconteceu em 12 de fevereiro, na cidade de Patos de Minas/MG, numa certa Festa do Milho. Depois de mais alguns shows, Paulo e Eduardo saem da banda, por tocarem num estilo nitidamente pesado ao som esperado por Renato e Bonfá. Neste momento, junta-se aos dois, Ico Ouro-Preto na guitarra. Mas seu lance estava na Europa, fotografia, e acabou abandonando o grupo, em abril de 1983, às vésperas de um importante show agendado no Teatro da ABO (Associação Odontológica Brasileira). Foi quando se lembraram de Dado Villa-Lobos, que estava sem banda.

           Dado aprendeu nove músicas em duas semanas e fez o show. Ainda, ajudou a terminar e encontrar o ritmo para diversas músicas da Legião. Mostrou-se um guitarrista tão bom que assumiu o posto definitivamente na Legião.

           A Legião tornou-se conhecida mesmo quando começou a tocar fora de Brasília participando de shows como os do Circo Voador no Rio de Janeiro na noite de 23 de julho, que também contou com Lobão e Capital Inicial.

           Em 1984, entra Renato Rocha (que integrava "CIA dos Dentes Kentes") no baixo, liberando Renato Russo para os vocais.

           Apadrinhados pelos amigos da banda Os Paralamas do Sucesso, que entregaram uma fita para os produtores da EMI-Odeon com a música Geração Coca-Cola, a Legião Urbana assina contrato com a gravadora. Em 1985 lança seu primeiro disco auto-intitulado "Legião Urbana", que teve hits como Será e Ainda é cedo tocando nas rádios e nas paradas de sucesso. Em 1986, lançam o disco "Dois". Em 1987, o "Que País É Este", que realmente consagra a banda, tornando-a conhecida no país inteiro.

           No ano seguinte, sai Renato Rocha, que faltava muito nos ensaios e não conseguia conciliar o seus compromissos com a banda. Foi em 1988 que a banda lança "As Quatro Estações". Um ano de estúdio, com canções profundas, praticamente todas transformadas em sucessos nas rádios. Um dos álbuns mais vendidos da banda.

           Através desse álbum, as pessoas passaram a se identificar com as verdadeiras poesias de Renato Russo, aumentando ainda mais o número de fãs e transformando a Legião como a maior banda de rock do Brasil.

           A partir de 1990, Renato Russo assume sua homossexualidade publicamente em entrevista, e no mesmo ano descobre ser portador do vírus da AIDS. Para completar, Renato se afundou no vício, consumindo muita cocaína e heroína. Todas essas mudanças podem ser notadas no disco quinto disco da banda, "V", lançado em 1991.

           Em 1992, a gravadora lança a coletânea "Música para Acampamentos", um álbum duplo com 20 gravações ao vivo e de especiais para rádio e televisão, onde a banda mostra talento intercalando seus sucessos com covers dos Beatles e Rolling Stones. Nesse disco foi incluída a versão elétrica de "Canção do Senhor da Guerra", que nunca havia sido gravada.

           Em 1993, lançam o álbum "O Descobrimento do Brasil", o sexto da carreira da banda. Foi o primeiro álbum a trazer um videoclipe com excelente produção, da música Perfeição.

           Neste intervalo, Renato Russo lança seus álbuns solo: "Equilibrio Distante" e "StoneWall Celebration in Concert". Dado lança uma gravadora, juntamente com André Muller, a RockIt!.

           Em 1995, a gravadora EMI lança uma lata em edição limitada com todos os álbuns da banda, com exceção do disco duplo "Música para Acampamentos", remasterizados por Dado Villa-Lobos nos estúdios londrinos da Abbey Road. A lata incluía um livreto com a história da banda e dos discos, e se esgotou rapidamente das lojas. Posteriormente, a EMI distribuiu no mercado os CDs da lata, individualmente, substituindo as gravações originais. Os CDs receberam novo tratamento visual, inclusive no rótulo, e também um selo desenhado por Marcelo Bonfá (Os três andando descalços) impresso na contracapa.

           Em Setembro de 1996, a Legião lança o disco "A Tempestade (ou o Livro dos Dias)", com músicas melódicas e pesadas. Mostra bem a situação debilitada de Renato Russo.

           No dia 11 de outubro de 1996, o Brasil, em especial os fãs da banda, acordaram chocados com a notícia de que o poeta, músico e vocalista da Legião Urbana, Renato Russo, havia morrido na madrugada, a 01:05, vítima de complicações resultantes da AIDS.

           Dias depois, a banda anunciou em uma entrevista coletiva na sede da EMI, que a Legião estava oficialmente terminada.

           Em 1997 a banda lança músicas que entrariam no último disco, que deveria ser duplo. É lançado "Uma Outra Estação", o álbum póstumo do grupo, que foi rapidamente esgotado das lojas.

           Em 1998, a EMI-Odeon lança a coletânea "Mais do Mesmo", com músicas de diversos discos da Legião. Em 1999, sai o tão esperado "Acústico MTV", programa gravado em 28 de janeiro de 1992.

           No dia 24 de março de 2001, é lançado pela EMI-Odeon o disco "Como É Que Se Diz Eu Te Amo", áudio do show no Metropolitan - RJ, nos dias 8 e 9 de outubro de 1994. O disco já saiu da gravadora com 500 mil cópias vendidas. Além do CD duplo, foram lançados os discos separados.

           Em 1992 é lançado um Box da série Brasil de A a Z, com os três primeiros álbuns da Legião: Legião Urbana (85), Dois (86) e Que País É Este (87).

           Em 06 de Abril de 2004 é lançado o álbum "As Quatro Estações Ao Vivo", gravado nos shows de 11 e 12 de agosto de 1990, no Parque Antártica, em SP, durante a turnê do disco As Quatro Estações. São lançados um disco simples e um duplo.

           A Legião Urbana não pára de vender discos, mesmo após mais de 10 anos de seu fim. A Legião foi uma das poucas bandas que sobreviveram por quase duas décadas no rock n'roll. É uma banda que possui fãs apaixonados, que a idolatram como uma religião. Suas músicas tinham algo que faltava em muitas outras bandas: poesia e letras perfeitas. Alcançou um sucesso fenomenal sem estratégias de marketing, poucos shows e raríssimas aparições na TV. Uma relação de amor ou ódio, um grupo que sabia como ninguém fazer música e expressar seus sentimentos e os sentimentos dos jovens de toda uma nação. Uma banda que hoje faz parte da história da música no Brasil.


"Não sei nem se estou mais na minha, nem na sua vida"
"Não percebi correntes me prendendo aqui até o instante em que tentei partir."
Fã-Clube Oficial Dado Villa-Lobos. All rights reserved.
Developed by Roberta Raquel Leismann